Pró-Mãe: programa apoia lactante no retorno ao trabalho

Programa inclui sala exclusiva para amamentação e extração de leite, jornada especial e acompanhamento psicossocial à mãe.

Pró-Mãe: programa apoia lactante no retorno ao trabalho

A Câmara dos Deputados lançou o Programa de Acompanhamento e Apoio à Mãe Nutriz (Pró-Mãe), que prevê salas exclusivas para amamentação e extração de leite materno, além de jornada especial para as lactantes e acompanhamento psicossocial à mãe.

Instituído pela Portaria 90/22, o Pró-Mãe tem como objetivos incentivar a amamentação e o convívio da mãe com o bebê, bem como apoiar a lactante no retorno ao trabalho e fomentar o pleno desenvolvimento socioafetivo da criança em seus primeiros anos de vida.

A ideia do programa é fomentar o pleno desenvolvimento socioafetivo da criança em seus primeiros anos de vida, estimular a integração da mãe nutriz com a criança ao possibilitar o aleitamento materno.

Além disso, o Pró-Mãe visa assistir a mãe nutriz no retorno ao trabalho após o período da licença maternidade e proporcionar a compatibilização das atividades profissionais da mãe nutriz, que está amamentando, com aquelas inerentes à maternidade.

Pró-Mãe

A jornada especial será de 35 horas semanais, a partir da data do requerimento ao Departamento de Pessoal, até o último dia do mês em que a criança completar 24 meses, ou seja, dois anos.

A servidora Raquel Silva de Faria, mãe de Aurora, que tem 7 meses de idade, pretende usar as salas disponibilizadas tanto para amamentar a filha, quanto para fazer a extração de leite. 

“Minha intenção é seguir a amamentação até, pelo menos, os dois anos recomendados pela OMS [Organização Mundial da Saúde], e o conjunto de medidas adotados pela Câmara – salas de amamentação e adequação do horário – irão me apoiar nesta jornada”, disse.

Para ela, é importante esse reconhecimento da importância da amamentação para mães, bebês e a sociedade. "É uma forma de apoiar efetivamente esse processo", acrescentou.

Fonte: Agência Câmara de Notícias